[Análise] Onepunch-man – Ser forte demais é um saco.

Você já parou pra pensar o que aconteceria se você a pessoa mais forte do mundo? Eu provavelmente destruiria tudo, mas e se você decidisse se tornar um heroi? E se você se tornasse tão forte, mas tão forte, que ninguém tivesse um poder que se igualasse ao seu? Parece interessante, né? Mas não é.

Onepunch-man conta a história de Saitama, um homem que vivia uma vida normal até o dia em que decidiu lutar pela justiça e treinou arduamente todos os dias até conseguir se tornar um homem capaz de derrotar qualquer inimigo com apenas um soco, e depois disso passou a viver uma vida sem graça.

Saitama é tudo que Kurilin sempre quis ser.

Um ponto muito importante que é retratado muito bem (e com muito humor) em Onepunch-man é o fato de que ser o melhor é sem graça. Uma vez que você se torna tão ridiculamente forte e não existe ninguém para tentar sequer propor um desafio à altura, você não terá motivação nenhuma. No mangá isso é mostrado através de Saitama, que mata seus inimigos com apenas um soco e não vê graça nenhuma na vida e nem mais em ser heroi, chegando ao fato de, em meio a batalhas, se preocupar com o fim da promoção.

“PQP, EU PERDI A BLACK FRIDAY!!!!!!!!11!”

Essa máxima de “sempre haverá alguém mais forte/melhor” é vista em quase todos os battles shonens. Por exemplo, Dragon Ball, onde o maior prazer de Goku é lutar contra inimigos cada vez mais fortes, apenas para provar que é o mais forte e isso continuará sendo verdade apesar das dificuldades. Essa máxima não é só vista em animes/mangás, mas também na vida.

Realmente teria alguma graça em viver se não houvesse mais nada para superar? Talvez no início sim, você ficaria apenas contemplando seu poder, mas depois de um tempo tudo se tornaria incrivelmente chato e entediante.

A mensagem passada por Onepunch-man é: ser forte é interessante, mas ser o mais forte é um saco. Pode parecer idiota, mas pense um pouco sobre a vida: qual o sentido de viver uma vida vazia sem ter nada para alcançar/superar?

Onepunch-man é um mangá novinho, é de autoria de One e Yusuke Murata e tem apenas 18 capítulos (sem contar os dois extras) até agora. É originalmente publicado em formato de webcomic, ou seja, publicado online, mas foram anunciados volumes físicos (que eu estou pensando seriamente em comprar).

Saitama e Genos, seu discípulo e versão hi-tech de Geno, do Super Mario RPG.

A arte de Murata está melhor do que nunca, é uma das artes de mangá mais bonitas e dinâmicas que eu já vi na vida. Há algumas cenas em que Murata cria uma arte sequencial que é tão incrível e te faz ter vontade de ficar vendo umas 10 vezes a mesma cena.

VEEEELHO

A história deixa pouco a desejar, apesar de não ter um plot grandioso como outros mangás, ela diverte e diverte muito, além de fluir super bem, não criando uma leitura cansativa.

Eu totalmente recomendo Onepunch-man para qualquer um. É um ótimo mangá e com certeza vai te render umas boas risadas e ocupar bastante o seu tempo, enquanto você contempla a arte de Murata. Você pode acompanhar o mangá em inglês pela Boon Scans ou em português pela Shin Sekai Scans.

Tenha cuidado quando for fazer um high five com Saitama.

Anúncios

5 Respostas para “[Análise] Onepunch-man – Ser forte demais é um saco.

  1. no inicio eu acahava one punch man foda ,,,
    mas agora eu acho um saco ,,, tipo vai ser sempre a mesma bosta …
    e arte do murata e foda pq ele aplica tecnologia do 3d no mangá , o que não tira o merito do mangá ,só faz ele ficar melhor …

    • Pois é, o fato do Saitama vencer qualquer luta com um soco é o ponto determinante de OPM (isso óbvio, até porque esse é o nome da obra hue). Isso faz com que ou você goste muito, por ser algo que você lê sem precisar se comprometer, sem esperar muita coisa, ou algo que você não goste por ser sempre a mesma coisa e você está esperando por algo diferente, que te surpreenda. E o Murata a cada capítulo me fez ter mais inveja da habilidade de desenho que ele tem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s