[Resenha] Astronauta – Magnetar

[Resenha]

Astronaura – Magnetar, escrita e desenhada por Danilo Beyruth e colorizada por Cris Peter é a primeira graphic novel da linha Graphic MSP, que busca resgatar personagens da Turma da Mônica pra leitores mais adultos. A hq veio pra calar a boca de quem diz que o mercado nacional de quadrinhos não é bom e pra fazer um sorriso na cara de quem cresceu lendo a Turma da Mônica. Eis a sinopse:

“O Astronauta, personagem que singra o espaço sideral sozinho em sua nave há anos, visita uma galáxia distante para estudar um magnetar, uma estrela de nêutrons que possui um campo magnético estimado em 1 bilhão de teslas. Mas ele comete um erro que pode custar sua vida. Agora, com a nave danificada e sem comunicação, ele está “náufrago no espaço” e precisa encontrar uma forma de escapar antes de ser derrotado pela insanidade que insiste em tomar sua mente. E a saída pode estar em aliar a tecnologia aos ensinamentos de seu velho avô, há tanto tempo falecido…”

Um fenômeno do espaço na linda arte de Danilo Beyruth.

Um fenômeno do espaço na linda arte de Danilo Beyruth.

Devo dizer que esta foi a melhor graphic novel que li esse ano e fico muito feliz ao saber que é nacional. Pra quem já conhece a Turma da Mônica e os seus muitos personagens (acho que é difícil achar quem NÃO conheça a turma) é uma delícia de ler, principalmente por um easter egg bem “louco”. A história é densa com muito termos científicos, mas isso não impede que a leitura seja rápida e agradável, ainda mais com um glossário bem prático nas páginas finais, devorei todas as 80 páginas em uma leitura só!

Sobre a arte, eu poderia simplesmente deixar um “magnificamente boa” e já teria dito tudo sobre ela. Não, eu teria dito pouco. Danilo Beyruth fez um trabalho impecável com os desenhos, muitas das vezes eu olhava pra uma sequência de novo e de novo e ainda pensava “uau, que coisa linda”, sim, a arte é magnífica. O melhor é que não é um traço que realça anatomia, e sim que te deixa mais imerso no clima da história, “casando” perfeitamente com ela. “Mas Danillo, teria como a arte ficar melhor?” Sim, mas felizmente, esse recurso foi utilizado e tem nome, a colorista Cris Peter! As cores deixaram tudo ainda mais em sincronia e utilizando o mesmo argumento de antes, colaborou mais ainda pro clima da história, o qual já vou falar.

A tensão sai das páginas e te atinge com uma ótima narrativa.

A tensão sai das páginas e te atinge com uma ótima narrativa.

Danilo Beyruth fez um trabalho dobrado nessa graphic novel, com um roteiro e desenhos tão bons e em total sincronia. A história é daquelas que te deixa tenso, angustiado e compartilhando do mesmo sentimento do Astronauta a medida que vai virando as páginas. Sua “prisão”, seus sonhos e alucinações são muito envolventes e a mensagem final não fica nada forçada, sendo que ela é apresentada desde o início. O mais interessante foi que tudo colaborou pra que o visual do cenário parecesse com o fundo do mar, o tempo todo a ambientação tenta mostrar que ele está submerso, mas aí lembra que está no espaço e sua imensidão e te mostra que você tem uma infinidade de territórios pra explorar, mas não pode. Enfim, tudo isso poderia ser escrito em uma palavra: genial.

A colorização de Cris Peter nos faz imaginar o fundo do mar.

A colorização de Cris Peter nos faz imaginar o fundo do mar.

Astronauta – Magnetar é pra mim a graphic novel do ano, sem dúvidas. E o esgotamento nas bancas e livrarias só reforça a ideia, atualmente, está sendo feita uma nova tiragem e dentro de um mês teremos essa belezinha à venda novamente. Mããããs se você é impaciente, lá na Comix não esgotou ainda, então você pode comprar a versão de capa cartonada, capa dura e até uma versão AUTOGRAFADA por Danilo Beytruth! Pra comprar, clique em uma das imagens abaixo:

Capa Dura

Capa Cartonada

Capa Dura Aut.

Anúncios

4 Respostas para “[Resenha] Astronauta – Magnetar

  1. Magnetar é fascinante. Arte de altíssimo nível, roteiro também muito bom, passa um feeling do caramba (a cena que você citou, do Astro fugindo da radiação, é de fazer o leitor ranger os dentes de tensão). Provavelmente a melhor compra de HQ que fiz no ano. Espero muito do selo Graphic MSP

  2. Foi uma leitura e tanto. Apesar de curto, valeu cada centavo investido. Tanto que já peguei aqui pra ler e reler algumas vezes de tão boa que é a sensação de lê-lo. Se os outros lançamentos da linha Graphic MSP estiverem no mesmo nível, já me tem como fã, pois adorei Astronauta Magnetar.

  3. Pingback: [Notícia Quadrada] Divulgada a capa de Turma da Mônica – Laços | Balões Quadrados·

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s